Colégio Cantareira

educ. infantil
fundamental 1
fundamental 2
Colégio Cantareira | notícia
Colégio Cantareira | destaqueDestaque do Cantareira
Projeto Cultural Colégio Cantareira - TEATRO
Projeto Cultural Colégio Cantareira - TEATRO

No dia 16/05 os alunos do ensino médio do Colégio Cantareira foram convidados à participar de uma seção de teatro.

No dia 16/05 os alunos do ensino médio do Colégio Cantareira foram convidados à participar de uma seção de teatro, dessa vez no Sesc Vila Mariana. A peça apresentada foi ? Assim É (Se lhe Parece)? de Luigi Pirandello.
Escrita em 1917 e definida por ele mesmo como uma "farsa filosófica". Como ocorre na maior parte do seu teatro, o autor desenvolve a obra a partir de um relato. Neste caso, a comédia foi extraída do conto La Signora Frola e il Signor Ponza, suo genero ("A senhora Frola e o senhor Ponza, seu genro").
A obra trata o tema da verdade, o contraste entre realidade e aparência, entre verdadeiro e falso. Pirandello põe em cheque a ideia de uma realidade objetiva que possa ser interpretada de modo unívoco através dos instrumentos da racionalidade. Mais do que isso, ele nos convida a refletir sobre o que é a verdade em um complexo enredamento teatral, aonde se chocam interesses e sentimentos, a moral conservadora e o direito individual além dos limites entre as convenções sociais e os interesses particulares.
De sinopse simples, eis a peça: numa pacata cidade no interior da Itália, três sobreviventes de um terremoto despertam o interesse da população: o parentesco que os une não fica muito claro aos olhos e ouvidos das pessoas. Além disso, os integrantes da família apresentam versões distintas para os desdobramentos da catástrofe. Todos desejam saber qual é a verdade, mas como descobrir se as coisas se apresentam como parecem ser?
FONTES: sescsp.org.br.

Análise Crítica da peça Assim é ( se lhe parece), feita pelo aluno Marcus Vinícius de Menezes
( 1º ano do Ensino Médio)

Aspectos Gerais: a peça Assim é( se lhe parece) é uma grande obra teatral, com uma história simples, mas envolvente e bem contada, de modo que todos os espectadores possam entender o rumo da obra, com toda a trama sendo enfatizada por um bom elenco, e uma grande equipe de profissionais que melhoram ainda mais a experiência que a peça proporciona.
História e mensagem: a história envolve o drama em que dois personagens contam a sua versão de uma história, e o público deve, por meio das características incorporadas pelos atores e pelas falas daqueles que estão no palco, descobrir qual dos dois está realmente dizendo a verdade e qual é alucinado.
Tem como base a moral de que a verdade não tem apenas uma ?face?, e, portanto, não pode ser totalmente compreendida.
Elenco: o grupo de atores que participam da obra são realmente bons, conseguindo incorporar bem os personagens, tendo excelentes atuações e sendo capazes de explorar o drama, conseguindo colocar algumas cenas de comédia, sem apelar para a baixaria e usar a velha comédia pastelão.
O que torna esta peça única: a obra possui elementos raros no teatro moderno, o que torna uma experiência rara.
Um personagem conversa em alguns momentos com a plateia, de maneira indireta, e estes monólogos eram comuns em textos teatrais antigos.
No decorrer da história, o cenário muda apenas nas posições em que os objetos cênicos estão, o que permite que a mudança de cenário seja rápida, sem necessidade de intervalos, o que deixa o abra mais cansativa. Como se isso não bastasse, ainda existe uma cortina atrás do palco que é usada nas cenas em que ocorrem narrações dos personagens.
Todo o drama é enfatizado por um jogo de luz e sombra mais a trilha sonora de um piano ao vivo.
E ainda para completar, o autor deixa um enigma não solucionado, para cada um tirar suas próprias conclusões.
Conclusão: todos os elementos trabalham em conjunto para torná-la um verdadeiro espetáculo.
Mais notícias
/COLEGIOCANTAREIRA
/COLEGIOCANTAREIRA
Avenida José da Rocha Viana, 475/499
Pedra Branca • São Paulo • SP
Educação Infantil: (11) 2231-7789
demais cursos: (11) 2232-8444
PARCEIROS